Dica de atividade para trabalhar pronomes interrogativos associada a atividade de leitura e escrita.

 
     Olá! Hoje vou compartilhar uma atividade que deu super certo com uma paciente que atendo que no ano passado tinha 7 anos. Ela já conseguia ler textos com extensão adequadas para a idade, sem trocas fonológicas, porém havia uma grande dificuldade de compreensão de pronomes interrogativos! Isso prejudicava muito no convívio social e escolar. Veja a atividade que elaborei e desenvolvi durante várias semanas (obs: cada semana eu levava um texto diferente para a terapia, ok?):
 
1º) Selecionei um texto de acordo com o desempenho acadêmico e aproximei dos temas que ela mais gostava (ela adorava animais, então no primeiro dia de atividade eu levei um texto sobre o leão!).
2º) Trabalhava inicialmente um desenho (atividade de colorir) e introduzia o tema do texto. Não se esqueça de realizar esta tarefa envolvendo a transferência inter-hemisférica pelo corpo caloso, ok?
3º) Trabalhava a decodificação (leitura correta das palavras) e atenção a pontuação.
4º) Introduzia a atividade de pronomes “Respostas escondidas”. Esta atividade envolve os pronomes interrogativos (quem, quando, etc), favorece a compreensão e é uma atividade interativa e divertida! 
 
     Veja pela foto que postei que com base no texto o terapeuta pode selecionar as cartelas, colar e pedir ao paciente que escreva a resposta por baixo. Dá muito certo! Vale a pena avaliar se esta atividade é adequada para o seu paciente! Boa terapia! Ah! Segue o link para o download gratuito das cartelas
http://www.lipitipi.org/2015/03/atividade-compreensao-de-texto.html
 
 
 
 
Por |2018-04-27T14:23:44+00:008 de junho de 2016|Materiais para terapia|0 Comentários

About the Author:

Graduada em Fonoaudiologia (2009), mestre (2011) e doutora (2016) em Ciências Aplicadas à Saúde do Adulto pela Faculdade de Medicina da UFMG. Realizou cursos no Centre de Linguistique Appliquée (Université de Franche-Comté) – França (2013). Participa anualmente de congressos internacionais, sendo o de 2015 em Monterey na Califórnia/EUA. Publicou estudos importantes nos periódicos Journal of Communication Disorders e Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Atualmente participa do grupo de pesquisas em Neurofibromatoses do Hospital das Clínicas da UFMG. Tem experiência clínica nas áreas de audiologia e linguagem, com ênfase em processamento auditivo, treinamento auditivo, distúrbios de linguagem e aprendizagem. Currículo completo: http://lattes.cnpq.br/1978022333477136

Deixe um Comentário

Este site usa o plugin Akismet para reduzir spam. Você pode aprender aqui como seu comentario é processado antes de ser publicado.

MENU

INSCREVA-SE

Receba automaticamente novos posts por e-mail

Nome e Sobrenome:

Endereço de e-mail

Facebook
Facebook
PINTEREST
PINTEREST
INSTAGRAM
Whatsapp