Como as crianças prestam atenção?

Uma situação real: a professora está ensinando sobre insetos e um dos alunos é fascinado por borboletas. O aluno certamente presta atenção em toda a aula, faz perguntas inteligentes e no final e se sai bem nas provas.

As crianças precisam prestar atenção para aprender – tanto na escola quanto fora dela. Elas precisam ser capazes de se concentrar no que os professores, pais e no que as outras pessoas dizem. Mas o que isso envolve? Como funciona a atenção?

Descubra abaixo como as crianças prestam atenção e o que pode ajudá-las a desenvolver a habilidade de manter o foco.

O processo de prestar atenção

A atenção é como um funil que permite que as crianças selecionem e recebam informações úteis. Uma vez que a informação está inserida, o cérebro pode entendê-la e armazená-la na memória para ser usada posteriormente (esse tipo de memória é chamada de memória de trabalho).

Há quatro etapas para prestar atenção:

  1. Estar alerta

As crianças precisam estar atentas, alertas e prontas para receber informações. Isso é difícil de fazer se elas não dormiram o suficiente, estão com fome ou se sentem ansiosos. As crianças que não estão alertas podem dormir na aula ou podem parecer estar “desligados” durante as explicações do professor.

  1. Escolher o que prestar atenção

As informações chegam a nós o tempo todo e não podemos nos concentrar em todas de uma vez. Portanto, temos que decidir o que “deixar entrar”. Em outras palavras, as crianças precisam optar por dar atenção ao professor ou aos pais em detrimento de outras coisas.

  1. Ignorando distrações

Prestar atenção na aula ou durante o treino de futebol significa não prestar atenção no cachorro que está latindo em algum lugar ou no avião que está sobrevoando. As crianças devem ser capazes de manter as distrações longe do foco.

  1. Mudança de foco

Algumas distrações são impossíveis de ignorar. Por exemplo, um barulho alto no corredor chamará a atenção de todos na sala de aula. Mas as crianças precisam ser capazes de mudar o foco de volta para o professor e mantê-lo lá.

Essas etapas podem parecer simples. Mas elas nem sempre são fáceis. As crianças pequenas podem precisar de mais tempo para desenvolver as habilidades necessárias. E algumas crianças têm problemas com o foco, mesmo quando envelhecem. Eles podem precisar de ajuda extra para prestar atenção! Se você perceber alguma dificuldade com a atenção procure ajuda especializada!